Áreas com maior taxa de empregabilidade em Portugal

O mercado de trabalho está em permanente mudança, o que hoje tem uma boa taxa de empregabilidade, amanhã pode estar no fundo da tabela das análises estatísticas. Apesar desta incerteza que o mundo nos traz, perceber quais são as áreas com maior taxa de empregabilidade pode ajudar a tomar uma decisão quando procura escolher uma licenciatura, um mestrado, uma formação complementar ou a certificação numa área da sua especialidade.

3 áreas com maior taxa de empregabilidade em Portugal

Entre as áreas com maior taxa de empregabilidade no nosso país, estão os suspeitos do costume, que é como quem diz: as áreas técnicas. Formação em áreas como a informática, a saúde ou a gestão ocupam os lugares cimeiros no que diz respeito à taxa de empregabilidade no nosso país.

As empresas da área financeira e da banca ainda são das que mais contratam, porém, preferem profissionais com competências mais práticas. Por exemplo, cursos de gestão têm mais empregabilidade do que os cursos de economia. 

Formação em informática, por força das novas tecnologias, é uma das áreas mais procuradas e a garantia de um lugar no mercado de trabalho nacional e internacional é crescente. Biotecnologia, Engenharia Informática e Tecnologias de Informação são excelentes opções para quem procura emprego nesta área.

A área da saúde continua a oferecer muito boas possibilidades de conseguir um emprego. Medicina é o curso que ocupa os primeiros lugares da listagem dos cursos com melhor empregabilidade, assim como Farmácia e Enfermagem.

Quais são os cursos e escolas com maior taxa de empregabilidade em Portugal?

Todos os anos são revelados os cursos superiores com maior e menor taxa de empregabilidade em Portugal. Uma conclusão que é tomada a partir da análise do número de ex-alunos do ensino superior registados como novo à procura de emprego nos centros de emprego de todo o país.

Sendo certo que podem existir muitos recém-licenciados, em situação de desemprego, que não estão inscritos no Instituto de Emprego e de Formação Profissional, a observação destas estatísticas ajuda a avaliar quais os cursos com mais saída profissional. Em 2016, de um total de 1369 cursos, 25 deles não contam com recém-licenciados inscritos nos centros de emprego.

Se está à procura de um novo emprego, perceber quais são os cursos com mais saída profissional é útil para perceber para onde deve dirigir a sua atenção. De acordo com os dados revelados pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, estas são as escolas e cursos superiores com melhores taxas de empregabilidade:

  • Universidade Nova de Lisboa
    • Medicina
    • Matemática
  • Universidade do Minho
    • Medicina
  • Universidade do Porto
    • Ciência de Computadores
    • Medicina
  • Universidade de Lisboa
    • Matemática
    • Matemática Aplicada à Economia e à Gestão
    • Matemática Aplicada e Computação
    • Engenharia Geológica e de Minas
  • Universidade do Algarve
    • Enfermagem
  • Universidade Católica Portuguesa
    • Teologia
  • Universidade Lusíada
    • Engenharia Informática
  • Universidade Fernando Pessoa
    • Enfermagem
  • Instituto Politécnico de Coimbra
    • Engenharia Informática
    • Biotecnologia
  • Instituto Politécnico do Porto
    • Educação Musical

Futuro: que profissionais serão necessários?

Os especialistas em recursos humanos não têm dúvidas sobre o que nos reserva o futuro. De acordo com a previsão World Economic Forum, em 2020, as profissões mais requisitadas serão:

  • Gestor sénior: com os avanços tecnológicos, serão precisos mais gestores e mais experientes.
  • Analista de dados: para recolher, analisar e interpretar os dados gerados por disrupções tecnológicas.
  • Programador: para criar, desenvolver e manter softwares para máquinas e computadores.
  • Arquitetos e engenheiros: estima-se que sejam criados 2 milhões de novos postos de trabalho.
  • Vendedor especializado: especialistas em vendas tanto em plataformas offline quanto online.
  • Designer de produto: hoje em dia, o design já é considerado uma soft skill.
  • Recursos humanos: as empresas vão apostar na capacitação das equipas.
  • Especialistas em regulamentação e relações governamentais: os avanços tecnológicos irão obrigar a nova legislação.

A certificação como garantia de empregabilidade

Em Portugal, semanalmente, há mais de meia centena de ofertas de emprego cujos requisitos exigem conhecimentos de utilização em software de gestão PRIMAVERA. Obter uma Certificação de Utilizador em PRIMAVERA, é o mesmo que partir à frente na corrida para conseguir um novo emprego.

Com a certificação, tem acesso direto à Bolsa de Utilizadores Certificados, logo, mais hipóteses tem de conseguir um emprego.

Se procura emprego, antecipe as necessidades do mercado e valide os conhecimentos com uma certificação em:

Aposte em si e no seu futuro!

 

Este artigo foi útil?
NãoSim (votos +6, votaram 6, o seu voto ficou registado)
Loading...

Deixar uma resposta