Carta de apresentação profissional: 5 erros a evitar

Se está à procura do seu primeiro emprego, saiba que construir uma boa carta de apresentação profissional é essencial para conseguir destacar-se dos restantes candidatos no mercado de trabalho.

Nos processos de recrutamento e seleção, o primeiro contacto é crucial para conseguir destacar-se pela positiva. E é por isso que a carta de apresentação profissional assume um papel de grande importância nesta primeira abordagem, especialmente para recém-licenciados que possuem pouca, ou nenhuma, experiência profissional.

Assim, ao responder às propostas de emprego, não se esqueça de anexar uma carta de apresentação que fale um pouco sobre si, sobre a sua formação, experiências, competências e expectativas futuras e que ajude os empregadores a perceber se o seu perfil se adequa às necessidades da empresa.

Carta de apresentação profissional: 5 erros que deve evitar

Para construir uma boa carta de apresentação profissional, é imprescindível que esta seja direcionada à empresa em questão e ao cargo ao qual se candidata.

Cartas genéricas acabam por se tornar tão impessoais como um currículo, não acrescentando o valor necessário para que o empregador tenha interesse em conhecer o candidato. Por sua vez, uma carta de apresentação bem construída, personalizada e que aborde os pontos fulcrais é meio caminho andado para passar à fase seguinte, em qualquer processo de recrutamento seleção.

Tenha por isso em atenção os erros que deve evitar ao construir uma carta de apresentação profissional.

1. Erros ortográficos, gralhas e incoerência na construção frásica

Cometer pequenos erros por distração pode acontecer a qualquer um. No entanto, uma carta de apresentação mal redigida pode passar uma mensagem errada aos recrutadores que irão classificá-lo como descuidado, desinteressado ou pouco exigente.

É natural que, após olhar várias vezes para o mesmo documento, não identifique erros ortográficos, gralhas de digitação ou até mesmo a falta de coerência na construção das frases.

Como tal, depois de redigir a sua carta de apresentação passe para outra tarefa e, minutos depois, volte a lê-la. Tal prática ajuda o cérebro a “apagar” a informação e permitir-lhe-á ler o que escreveu com uma nova perspetiva. Se, ainda assim, não tiver a certeza ou quiser uma opinião externa, peça a um amigo ou familiar para ler e dar a sua opinião.

Não se esqueça também de ativar o corretor ortográfico do processador de texto para assinalar eventuais erros que possam passar despercebidos.

2. Falta de personalização

Como já referimos no início do artigo, uma carta de apresentação padronizada não funciona. Como tal, deverá personalizar cada carta tendo em conta o cargo e a empresa a que se candidata.

Toda a informação deverá ser apresentada de acordo com a sua relevância para as funções e o tom da carta deve ser mais ou menos formal, de acordo com a cultura da empresa.

Se não conhecer a empresa ou o ramo em que esta atua, experimente fazer uma consulta ao site e redes sociais da mesma para perceber se a forma como comunica é mais formal ou, por outro lado, mais descontraída. Independentemente disso, o tom deve ser sempre profissional e cuidado.

3. Texto demasiado longo ou demasiado curto

O texto de uma carta de apresentação profissional deve ser extenso, na medida certa. Habitualmente, recomenda-se que a carta tenha entre três a quatro parágrafos.

Além disso, a informação deve ser passada de forma concisa e em parágrafos curtos de modo facilitar a leitura.

Tenha em atenção que cartas de apresentação demasiado extensas fazem dispersar a atenção dada aos fatores principais. Por outro lado, textos demasiado curtos demonstram falta de empenho e de motivação.

4. Informação pouco importante ou duplicada

A carta de apresentação profissional e currículo não são a mesma coisa e, como tal, não devem conter a mesma informação.

No currículo, deve apresentar o seu percurso académico e profissional. Na carta, deve expor os motivos pelos quais considera ser o candidato ideal para a função e a empresa à qual se candidata.

Uma vez que o currículo deve ser informativo e não explicativo, pode aproveitar a carta de apresentação para explicar concisamente as formações que possui, como forma de se distinguir face aos restantes candidatos.

5. Não incluir os contactos

Deve terminar a sua carta de apresentação profissional com uma frase que incite o recrutador a agendar uma entrevista de emprego. Por isso, é importante que inclua os seus contactos pessoais: número de telemóvel e endereço de e-mail.

Esta é a única informação que pode (e deve!) constar em ambos os documentos enviados no ato de candidatura (carta de apresentação e currículo).

Conseguir o emprego

Tal como já foi mencionado, a sua apresentação por escrito é a primeira prova que lhe permite garantir que o seu perfil se adequa à função para a qual se candidata.

Se passou esta fase e foi chamado para uma entrevista de emprego, parabéns! No dia da entrevista, apresente-se de forma pontual e com um visual cuidado, sem exageros nem extravagâncias. A sua postura é igualmente importante: mostre-se interessado e pronto para abraçar um novo desafio.

No entanto, se procura um emprego na área de Vendas, Compras e Inventário, Tesouraria, Contabilidade e Fiscalidade ou Recursos Humanos, então a Certificação de Utilizadores em PRIMAVERA é a oportunidade ideal para validar conhecimentos e destacar-se dos restantes candidatos.

A esta altura certamente que já se questionou sobre a importância destas certificações. É simples: mais de 40 mil empresas em todo o mundo recorrem diariamente às soluções de gestão PRIMAVERA para otimizarem o seu negócio.

Nesse seguimento, a par da crescente procura por profissionais capazes de responder de forma eficaz às necessidades empresariais, sabia que em Portugal por semana surgem mais de 50 ofertas de emprego em que um dos requisitos básicos é o conhecimento de utilização em software PRIMAVERA?

Vai perder esta oportunidade? Escolha a certificação mais adequada à sua área e garanta o seu lugar no mercado de trabalho!

 

 

Este artigo foi útil?
NãoSim (Sem avaliações)
Loading...

Deixar uma resposta