A importância da carta de recomendação profissional

Ainda que muitos desvalorizem o seu valor, a carta de recomendação profissional é tão ou mais importante do que ter um currículo completo e atualizado. Porquê? É simples! Apresentar experiências profissionais através de um currículo por si só não chega. Os empregadores valorizam cada vez mais outros requisitos e apresentar uma carta de recomendação escrita por um profissional com credibilidade pode fazer a diferença na hora de selecionar candidatos.

Carta de recomendação profissional: o que é?

Uma carta de recomendação profissional é, nada mais nada menos, do que um documento escrito que formaliza a opinião de alguém sobre as suas capacidades técnicas e pessoais.

Apesar de em Portugal não ser muito frequente utilizar cartas de recomendação profissional, a verdade é que este é o  trunfo ideal para comprovar capacidades e experiências profissionais, complementando assim o seu currículo.

Além disso, uma carta de recomendação serve claramente de fator de desempate de perfis profissionais, colocando em cima da mesa uma opinião externa acerca da forma como realiza o seu trabalho e de como o veem profissionalmente.

Não há dúvidas: as cartas de recomendação assumem um papel de elevada importância na procura de emprego. E é talvez por isso que até no LinkedIn, a rede social de eleição dos profissionais, é possível receber e conceder recomendações.

No entanto, não caia no erro de “inventar” uma carta de recomendação falsa, pois na maioria dos casos os empregadores verificam se todas as informações facultadas são de facto verdadeiras.

Como conseguir uma carta de recomendação profissional?

Existem pessoas que se podem sentir um pouco constrangidas ao pedir uma carta de recomendação profissional a alguém com uma posição hierárquica superior à sua. A possibilidade de rejeição ou de se estar a sobreavaliar relativamente ao seu real valor, pode desmotivar tal pedido. No entanto, não se pode esquecer que o seu foco está na procura de emprego e isso é o mais importante.

Assim, para facilitar a referenciação tente sempre ter bons laços de afetividade com as chefias e colegas de trabalho, demonstrando inequivocamente todas as suas habilidades e capacidades técnicas.

No entanto, tenha em conta que o mais importante é escolher a pessoa certa para o recomendar, uma vez que a recomendação escrita de um ex-chefe acrescenta maior valor do que uma recomendação escrita por um antigo colega de trabalho.

Na hora de pedir a alguém uma carta de recomendação, deve ter em atenção que, para ser efetiva, esta deve focar aspetos como:

  • A sua capacidade intelectual;
  • Os seus hábitos de trabalho;
  • As suas habilidades sociais e profissionais;
  • E, por fim, a sua preparação académica.

Adicionalmente, deve ainda incluir as seguintes informações:

  • Nome, cargo e contacto de quem recomenda;
  • Nome de quem será recomendado;
  • Empresa e projetos nos quais o candidato esteve envolvido na experiência em causa.

Desenvolvimento de competências

Para além de solicitar cartas de recomendação, deve atribuir igual importância ao desenvolvimento de competências. Isto porque a competitividade do mercado de trabalho exige, cada vez mais, a qualificação e especialização dos profissionais.

As competências sociais são imprescindíveis para alcançar carreiras profissionais de sucesso. Contudo, estas deverão ser integradas num cenário de equilíbrio onde as competências de utilização são, indubitavelmente, uma mais-valia nos processos de recrutamento e seleção de candidatos*.

Neste sentido, sabia que mais de 40 mil empresas em todo o mundo recorrem diariamente às soluções de gestão da PRIMAVERA para otimizarem a gestão do seu negócio? Aliado a isso, só em Portugal surgem, em média, 53 ofertas de emprego por semana em que um dos requisitos básicos é o conhecimento em soluções PRIMAVERA.

É por isso que a Certificação de Utilizadores em PRIMAVERA poderá ser uma excelente solução para garantir o reconhecimento de competências e experiência na área. Certifique-se e agarre o emprego dos seus sonhos!

 

Este artigo foi útil?
NãoSim (votos +3, votaram 3, o seu voto ficou registado)
Loading...

Deixar uma resposta