O que é a gestão de ativos?

Venda mais e compre melhor com as certificações PRIMAVERA Vendas

De acordo com a Norma ISO 55000, a gestão de ativos consiste na “atividade coordenada de uma organização para realizar o valor dos ativos”. Ativos esses que são definidos como “um recurso, item, coisa ou entidade que tem potencial ou valor real para uma organização”.

Assim, a gestão de ativos pode ser definida como uma atividade de elevada importância para as empresas que pretendem manter um controlo eficiente dos ativos (sejam eles tangíveis ou intangíveis).

Gestão de ativos: tudo o que precisa de saber

O que é um ativo?

Antes de mais, é importante que fique claro o que é um ativo. Como referido acima, a Norma ISO 55000 define um ativo como “um recurso, item, coisa ou entidade”. Ou seja, tudo aquilo que integra e faz parte de uma organização, como por exemplo:

  • Ativos tangíveis: imóveis, equipamentos de tecnologia e produção, stocks, etc.
  • Ativos intangíveis: marca, estratégias, know-how, etc.

Quem executa a gestão de ativos?

A gestão de ativos é executada e gerida pelas pessoas. No entanto, numa era digital em constante evolução, a tecnologia desempenha um papel fundamental nos processos de gestão.

Como garantir uma gestão de ativos eficaz?

Garantir uma gestão de ativos eficaz pressupõe do equilíbrio entre diversos fatores. Nomeadamente dos custos, oportunidades, riscos e desempenho esperado para a concretização de objetivos.

Apesar de ser uma tarefa complexa que requer de algum tempo e dedicação, a gestão de ativos permite às empresas terem conhecimento das suas necessidades ou problemas de desempenho.

Como tal, é importante ver cada ativo como uma parte que integra um todo (a empresa). É por isso que o ciclo de vida de um ativo começa no momento em que este é definido como necessário, seguindo-se a aquisição, operação, manutenção e aceitação. Durante todo este processo, cada ativo é alvo de um objetivo específico que deve corresponder às necessidades da empresa.

Benefícios da gestão de ativos

Não há dúvidas: a gestão de ativos é fundamental para priorizar investimentos e concentrar esforços nos ativos mais críticos que sustentam os processos e mecanismos da organização. Apesar de ser um processo que exige bastante dedicação, a gestão de ativos acarreta de inúmeros benefícios:

  • Aumento da disponibilidade dos ativos;
  • Estabilidade da produção a longo prazo;
  • Aumento de produtividade;
  • Redução dos custos de manutenção;
  • Maior satisfação dos clientes;
  • Melhoria da reputação das empresas;
  • Aumento da vantagem competitiva;
  • Maximização dos resultados financeiros.

Garantir uma gestão de ativos eficaz é meio caminho andado para as empresas conseguirem ocupar um lugar de destaque no mercado. Como tal, recorrer a softwares de gestão que ajudem a otimizar processos é a realidade da maioria das empresas da atualidade.

Sim, é verdade! A evolução tecnológica deu origem a novas metodologias de trabalho. Sabia que mais de 40 mil empresas em todo o mundo recorrem diariamente ao software PRIMAVERA para otimizarem a gestão do seu negócio?

Se está a terminar a sua formação e a entrada no mercado de trabalho é o seu próximo passo, já ouviu falar da Certificação de Utilizadores em PRIMAVERA? Esta é uma excelente forma de valorizar o seu currículo e ganhar vantagem competitiva sobre outros candidatos nas muitas oportunidades de emprego em que são solicitados conhecimentos de utilização em software PRIMAVERA.

Dê força ao seu currículo com uma Certificação em software PRIMAVERA e agarre o emprego dos seus sonhos!

 

 

 

Leve a sua carreira para o próximo nível com as Certificações em PRIMAVERA Vendas
Este artigo foi útil?
NãoSim (Sem avaliações)
Loading...

Deixar uma resposta